Sem categoria

Detox no guarda-roupa

Chegou janeiro, o mês em que eu resolvo fazer um detox alimentar (que em geral dura um dia), traço metas e objetivos para o ano e faço uma limpa no meu guarda-roupa.

Quem me conhece sabe que eu sempre falo que menos é mais e que um guarda-roupa entulhado dificulta a praticidade no vestir. Mas de repente me vejo nessa exata situação: muitas peças, várias que eu não gosto muito e demora para escolher uma roupa.

Acumular peças é muito comum. Começa com aquela blusinha que está velha, mas você gosta muito e coloca na gaveta das roupas para ficar em casa. Ou com aquela calça que você ganhou, não gostou e deixou ali parada. Afinal, é só uma pecinha dentro da imensidão do seu guarda-roupa.

Dessa forma, quando você vai se vestir, abre aquela gaveta lotada e não encontra nada que queira usar. Passa para outra gaveta e encontra a mesma situação. Se vestir se torna uma tarefa chata e demorada. 

 

  • É HORA DO DETOX

 

Então chegou a hora de arregaçar as mangas e trabalhar. Fazer essa limpa no guarda-roupa é cansativo, exige tempo e dedicação.

Separe várias horas para isso e coloque uma boa música ou um podcast para te ajudar nessa tarefa.

 

  • CONTE QUANTAS PEÇAS VOCÊ TEM

 

Nenhum guarda-roupa é uma receita de bolo, porque ninguém é igual. Cada pessoa tem a sua vida, seus compromissos, coisas que gosta mais, etc. Se você adora um vestidinho e tem dezenas deles, não se sinta culpada. 

Mas saber a quantidade de peças é um ótimo exercício para você conhecer um pouco mais o seu guarda-roupa. Sabe aquela regrinha entra um e sai um? Muitas pessoas fazem isso para manter o número de peças e não se perder.

 

  • SEPARE AS SUAS PEÇAS

 

Logo depois de saber quantas peças você tem, vamos separá-las em quatro categorias: doação, ajustes, recordação e armário.

Na pilha DOAÇÃO entram as peças que não servem mais, que estão velhas, que você não gosta, não usa, são incômodas (calças que pegam na barriga, por exemplo), que não servem mais.

Na pilha AJUSTES vão aquelas peças que você gosta, que tem uma boa qualidade, mas precisa passar por uma costureira. Vale a pena aqui usar a criatividade.

Uma cliente minha tinha um macacão muito curto e justo, com uma estampa linda. Ela não usava, mas tinha dó de passar adiante. Sugeri que ela levasse na costureira e fizesse um quimono com a peça. O que estava parado, virou uma peça nova e legal:

 

Otimizar guarda roupa

 

Na pilha RECORDAÇÃO vão aquelas peças que você não usa muito, mas não quer se desfazer porque ela tem um valor sentimental.

Eu tenho um casaco amarelo que era da minha tia avó, ela mandou fazer quando passou uma temporada morando fora. Ele foi bem usado quando fiz um armário cápsula, em 2018 (veja AQUI alguns looks). 

Mas no ano passado acho que ele só foi usado um vez e apesar disso, vai continuar firme e forte no meu guarda-roupa. Ele até ganhou um apelido do meu marido: casaco Dick Tracy.

 

Armario cápsula 

 

Na pilha ARMÁRIO ficarão as peças ativas do seu guarda-roupa. Agora ficou mais fácil visualizar o que você tem, as lacunas do seu guarda-roupa e no que vale a pena investir.

Pode parecer que sobrou poucas peças, mas aqui entra a mágica de otimizar o guarda-roupa e usar a criatividade na hora de se vestir. Justamente o que fazemos na MONTAGEM DE LOOKS.

É aqui que estão também as peças que você AMA e que estão muito relacionadas ao seu estilo. Mas isso já é assunto para outro post…

Vamos começar pelo detox?

 

 

2 thoughts on “Detox no guarda-roupa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *