Sem categoria

Como comprar roupas de forma inteligente

Se você digitar “comprar roupas” no google irá receber algumas pesquisas relacionadas e entre elas, o termo BARATO é um dos que mais se repete. Uma coisa normal de acontecer, afinal é muito difícil comprar uma peça de roupa nova sem desembolsar pelo menos R$ 60,00.

Mas, ao mesmo tempo, isso revela muito sobre a maneira como consumimos peças de roupa atualmente. Eu tenho quarenta anos e tenho seis irmãos. Me lembro muito bem da minha mãe nos levando para comprar jeans numa loja de fábrica enquanto o colégio todo usava o jeans da Pakalolo, algo que na época eu via da mesma maneira como vejo uma calça Valentino atualmente.

Certamente não era um jeans de R$ 4.000,00, mas a roupa era algo caro e não havia essa urgência que temos hoje em ter que ter determinada peça. Aqui estou falando do Fast Fashion, um modo de produção em que as roupas são produzidas em pequenas coleções e novos modelos são lançados a todo momento. Ou seja, a peça que você viu e não levou naquela semana, poderá não estar lá na semana seguinte. 

Nesse consumo desenfreado, compramos peças desnecessárias, não compramos peças que estão em falta e muitas vezes ficamos infelizes, com a sensação de que o armário está cheio mas ainda não temos o que vestir.

Montar um guarda-roupa inteligente não é uma tarefa fácil. Exige tempo, esforço, planejamento e claro, investimento. Mas uma boa maneira de começar esse plano é evitar compras erradas e vou te dar algumas dicas para isso.

 

  • ANALISE O QUE VOCÊ JÁ TEM

Antes de ir às compras é importante verificar o que já tem e quais são as lacunas do seu guarda-roupa. 

Você tem um estilo tradicional, seu guarda-roupa é recheado de blazer, saias de alfaiataria, saltos, enfim, para o trabalho e para ocasiões formais você está sempre super bem vestida. Mas na hora de ir tomar café na padaria, de passear com os filhos, você sofre para achar um roupa e acaba indo com aquela sua roupa velha, que você usa na academia e torce para não ser vista.

Ok, já percebemos onde está o problema no seu guarda-roupa. Mas você vai às compras sem pensar sobre isso e dá de cara com um salto maravilhoso. Mas espera, outro salto? Lembra, você precisa de uma sapatilha, de um shorts bonito, talvez uma pantacourt. Você compra o salto e lá se vai mais uma semana de trabalho perfeita e um fim de semana em crise.

 

  • FAÇA UMA LISTA DO QUE VOCÊ PRECISA

Sabe aquela lista que você faz antes de ir no supermercado para agilizar as compras e não comprar errado? Ou aquele planejamento que você faz antes de comprar qualquer móvel para a sua casa? Por que não fazemos o mesmo ritual na hora de comprar uma roupa?

Pense nas proporções do seu guarda-roupa, número de partes de cima, partes de baixo… Pense também nas cores, qual delas seria importante adicionar no guarda-roupa e se é uma camisa, uma calça, um sapato, etc.

Com essa lista em mãos você sabe exatamente o que procurar no shopping. Ela é essencial no meu trabalho com personal shopper e criada  depois de uma conversa para entender o estilo, estilo de vida e o que está faltando naquele guarda-roupa.

 

  • O QUE ANALISAR NA HORA DA COMPRA

Nunca compre nada sem antes experimentar. O caimento é uma das coisas mais importante na hora de comprar uma peça. E é uma constante entre as pessoas que eu já atendi: peças que não estava vestindo bem no guarda-roupa.

 

boutique close up closet 2249248 - Como comprar roupas de forma inteligente

 

Encontrar uma peça com o caimento perfeito é difícil: exige paciência para testar diversos modelos e diferentes confecções. Mas o resultado final compensa e muito.

Além do caimento, analise a composição do tecido da peça, veja como estão as costuras, o acabamento interno e assim você saberá se aquela compensa compensa o investimento.

 

  • QUANDO A COMPRA VALE A PENA

Numa tarde em que eu estava acompanhando uma cliente num brechó uma mulher me pediu um conselho se eu achava que ficava bom um vestido que ela estava experimentando com uma regata por baixo, já que ele estava sobrando na alça.

Como ele tinha muitos detalhes, achei que ficaria melhor sem nada por baixo e falei que ela poderia ajustar a alça numa costureira se ela tinha gostado muito da peça. Ela me falou que não tinha gostado muito, mas era sempre assim, difícil comprar roupa, difícil achar algo que servisse bem, etc. Essa compra vale a pena?

Certamente não! A compra que vale a pena é aquela em que você sai feliz, com vontade de usar a peça o mais rápido possível. Um armário lotado de peças mais ou menos é muito pior do que um armário enxuto cheio de peças que você ame.

Além de ter amado a peça é importante pensar se ela coordena com o restante do seu guarda-roupa. Se você estiver comprando uma parte de cima, pense se ela combina com pelo menos 3 partes de baixo do seu guarda-roupa. Se for uma parte de baixo, ela combina com pelo menos 5 partes de cima? Se você consegue pensar em vários looks usando as peças do seu guarda-roupa, você está no caminho certo.

 

  • APROVEITE O PERÍODO DAS LIQUIDAÇÕES

 
Se você tem itens caros na sua lista de compras, como blazer, casacos, um terno, vale a pena aproveitar a época de troca de coleções para garantir um bom desconto.

Mas cuidado: é um período em que temos a tendência de sair à caça de ofertas (assim como na Black Friday) e muitas vezes compramos itens desnecessários e que não compensavam pelo valor.

 

advertisement advertising bargain 2292953 1 - Como comprar roupas de forma inteligente

 

Por último saiba que é possível se vestir bem sem gastar muito dinheiro. Para isso, é fundamental fazer um planejamento, investir em peças boas, que tenham a ver com o seu estilo, com o seu estilo de vida e com a imagem que você deseja passar.

Se você não gosta de comprar roupas, não sabe o que te veste bem, não sabe analisar tecido e caimento ou tem qualquer outra dificuldade na hora das compras, me mande uma mensagem que eu posso te ajudar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *